Fadba promove “Mostra de Fisioterapia em Atenção Básica”

O curso de fisioterapia juntamente com interessados realizam a 8ª edição do evento anual

Isabela Vitória

Para finalizar as atividades de 2022 no estágio em Atenção Básica, do curso de fisioterapia da Faculdade Adventista da Bahia, o evento anual  “Mostra de Fisioterapia em Atenção Básica” aconteceu no dia 29 de novembro, no Centro de Convivência do prédio universitário da faculdade.

O evento que ocorre desde o ano de 2013 chegou à sua 8ª edição com a temática "Construção da práxis em fisioterapia através de experiências exitosas na Atenção Primária à Saúde (APS) no Recôncavo Baiano".

Neste evento, estudantes, docentes, preceptores de estágios e pesquisadores da Fadba e de outras instituições de ensino superior têm a oportunidade de divulgar e dialogar sobre os projetos de pesquisa desenvolvidos ou em desenvolvimento.

“Esta atividade acadêmica propõe garantir a difusão dos conhecimentos produzidos durante o estágio supervisionado I, destacando reflexões sobre o papel, os limites, desafios e oportunidades do profissional de fisioterapia na área de Atenção Primária à Saúde (APS)”, comenta a fisioterapeuta Luciana Cerqueira Cardoso, coordenadora geral da 8º mostra de fisioterapia em atenção básica da Fadba.

Além disso, Luciana também conta que os estudantes de fisioterapia, que atuaram na atenção básica em várias cidades do  recôncavo baiano durante o semestre 2022.1 e 2022.2 usaram a criatividade para apresentar seus projetos desenvolvidos ao longo do ano, usando metodologias ativas e sendo protagonistas em seu processo formativo. Foram 6 grupos de alunos onde cada um  teve a oportunidade de aprimorar competências e habilidades cognitivas, apresentando PodCasts, encenações, programas interativos , propondo rodas de conversa, desenvolvendo um diário de um estagiário e etc.   

O projeto não se limitou apenas a alunos do Fadba, mas abriu suas portas para todos os que estivessem interessados na região. Alunos de fisioterapia do quarto e sexto período, fisioterapeutas que atuam no recôncavo baiano e membros da comunidade sem vínculo com a Fadba, mas interessados em aprender mais sobre atenção básica.

Olá! Eu sou a Ane.
Posso ajudar?